Publicado há 1 mês • 4 min de leitura

Lar Center Inspiração: abra espaço para o novo!

Organizar a casa é uma terapia para alguns, mas uma verdadeira tortura para outros. Porém, todo sacrifício tem sua recompensa: um ambiente arrumado significa uma cabeça arrumada – e não somos nós quem estamos dizendo: estudos indicam que ajuda até a lidar melhor com questões de saúde mental, como ansiedade e depressão. E tanta gente anda preocupada com isso, que especialistas em organização se tornaram até celebridades – Marie Kondo que o diga! A simpaticíssima autora japonesa ganhou milhões de fãs ao criar um método todo próprio que, entre outros pontos, sugere que você só guarde o que te desperta felicidade. Para o resto, desapego total!

Inspirados nela – e em outras dicas por aí –, preparamos algumas sugestões para você deixar a casa arrumadinha e se livrar do que acumula bagunça sem medo de ser feliz.

A regra do 90. Sabe aquele aparelho de ginástica milagroso que te convenceu de que dez minutinhos de pedalada a cada 15 dias te transformariam na sósia oficial da Grazi Massafera? Se você o usa, maravilha, foco no objetivo! Mas se ele nem saiu direito da caixa e sua maior utilidade é acumular poeira a uma taxa acima da Selic, pode ser que ele não esteja fazendo muito bem ao ambiente. Essa regrinha propõe o seguinte: observe um objeto e faça-se as seguintes perguntas: eu utilizei isso nos últimos 90 dias? Eu pretendo utilizar nos próximos 90? Não e não? Admita: a chance de você jamais utilizar esse item é bem alta. Desapegue sem culpa! Garanto que a casa ficará bem mais leve.

A regra dos 20. Atire a primeira caneta sem tinta quem não tem uma gaveta cheia de cacarecos apenas “para o caso de”. Afinal, nunca se sabe quando você vai precisar urgentemente daqueles elastiquinhos de prender papel, de um punhado de clipes, frascos vazios de xampu, rolinhos de durex perto do final, caixas de sapatos ou o que mais a sua imaginação acumuladora puder fantasiar. Saia dessa gaveta que não te pertence! A pergunta aqui é a seguinte: se eu precisar comprar algum desses objetos, vou gastar mais do que R$ 20? O valor aqui é apenas um exemplo, você pode estabelecer o seu. A questão é: às vezes, acumulamos coisas que não são nem tão nem úteis, nem tão preciosas assim. Mais fácil comprar quando precisar – se é que esse momento vai chegar tão cedo!

Esse organizador de gavetas, disponível na Camicado, é ajustável, então você fica livre para criar compartimentos do tamanho que precisar.

A regra dos 30. Essa é parecida com a anterior, mas com uma diferença: dependendo do objeto, ele é até baratinho, mas não é tão fácil de achar – então vale reconsiderar com carinho. A pergunta é: se eu for comprar isso, vou levar menos de 30 minutos para encontrar? Se sim, desencana e abra espaço para o novo em sua vida!

Vamos por partes. Depois de escolher o que jogar fora, vamos focar no que fica. Separe as coisas por categorias – alguns especialistas até defendem alguns critérios, como dividir as roupas por tipo de tecido ou por cores, mas você pode seguir o raciocínio que fizer mais sentido para você. Se seus armários ou gavetas contam com áreas muito espaçosas, o ideal é dividi-las em compartimentos menores. Mas você também pode utilizar caixas ou divisórias móveis para facilitar a organização.

Nesse ambiente criado pela Bontempo, a estante é toda vazada e tem compartimentos de diferentes tamanhos, o que ajuda na hora de organizar os itens

Tudo à vista. Se você é do time do “longe dos olhos, longe do coração”, repense: quando você menos espera, seu armário pode se tornar uma avalanche de bugigangas, capazes de provocar abalos sísmicos. Essa dica parece uma tortura, mas funciona: armários abertos são um ótimo incentivo para você manter tudo organizado, saber dos itens que tem e evitar comprar coisas desnecessárias. Se você tem ataques de espirro só de imaginar a poeira se alojando em tudo, pode optar por portas transparentes. Ah, e lembre-se: deixe os objetos utilizados com frequência mais acessíveis. Aqueles que usa pouco podem ficar no alto ou lá no fundo.

A cama é uma ótima aliada para ampliar os espaços disponíveis para guardar coisas. Você pode fazer isso com um box baú ou com um gaveteiro, como esse modelo super charmoso disponível na Cia. das Camas.

Porta-tudo. Se tem uma área em que existe criatividade é a organização – e não estamos falando de encher a casa de caixas. Hoje em dia, existem ganchos com bolsões para pendurar no guarda-roupa, porta-sapatos flexíveis para pendurar atrás da porta, grades para criar patamares dentro do armário, ganchos para ferramentas na parede e até suporte para pendurar utensílios de cozinha no teto – é uma loucura! Com todas essas opções, fica até feio arrumar pretexto para deixar a casa bagunçada, hein.

A caixa organizadora Infinity, disponível na Camicado, tem furinhos que brincam com a op art. Ela tem diferentes opções de tamanho, para você encaixar direitinho nos armários.

Repense. Depois de separar caixas e mais caixas de tralhas para jogar fora, pense no meio ambiente. Veja o que pode ser reciclado ou reaproveitado por outras pessoas!


  • Compartilhe:

Acontece no Lar Center

Clássico ...

41 visualizações | 2 min de leitura

Dentro da ...

69 visualizações | 3 min de leitura

Decorar o banheiro é ...

77 visualizações | 3 min de leitura

Receba nossas novidades no seu e-mail.